Nossa linha editorial

Tempo de leitura: 2 minutos

nossa linha editorialNossa linha editorial

 

O site Desagravando surgiu da necessidade de apresentar contrapontos a diversos conteúdos que são propagados de forma incorreta e, algumas vezes, antiética e tendenciosa, nos diversos meios de comunicação existentes hoje na internet.

Diversos blogs, jornais, revistas, portais e outros meios de comunicação apresentam conteúdos jurídicos de forma absolutamente tendenciosa, sem se preocupar com as fontes, bem como com a efetiva realidade existente. O único propósito é vender conteúdo…

Outros ainda apresentam conteúdos com linha ideológica absolutamente acentuada, politizando questões jurídicas que são facilmente resolvidas pela análise eminentemente técnica.

Desagravar, como é cediço, significa reparar, dar uma satisfação. Este é o nosso propósito: dar uma satisfação à opinião pública, aos estudantes, aos juristas, aos especialistas, sobre o efetivo sentido da questão apresentada no contexto social.

Não somos os donos da verdade! Entretanto, somos especialistas naquilo que escrevemos. Ao contrário de textos eminentemente jornalísticos, sem que o profissional tenha conhecimento efetivo daquilo que escreve, os textos de nossos articulistas refletem experiência e prática nos assuntos abordados. Somos promotores de justiça, juízes de direito, delegados de polícia, defensores públicos e advogados especialistas nos temas da atualidade.

É óbvio que toda comunicação possui suas ideologias intrínsecas. Portanto, nossa linha editorial  indica também nossos valores, apontando paradigmas e busca, obviamente, influenciar decisivamente na construção de nossa mensagem.

E qual é a mensagem que estamos propondo?

A sociedade brasileira está cansada de falsas ideologias, da mera retórica da “defesa dos direitos humanos”, da mera retórica da “defesa dos menos assistidos”, da mera retórica da “defesa dos oprimidos pela sociedade”. Como se não fôssemos trabalhadores honestos, de labuta incansável, vítimas também de uma sociedade violenta e hostil. Chega de falsas retóricas!

O que buscamos é a defesa dos valores de nossa sociedade… da sociedade de pais e mães honestos, trabalhadores, vítimas de homicídios, de latrocínios, da fome, de uma economia corrompida pelo sistema político que impede o crescimento pessoal.

A sociedade muitas vezes não é corretamente informada.

O desrespeito à informação que algumas vezes ocorre de forma mal intencionada é o modelo de sociedade que buscamos?  Parece-nos que não. Parece-nos que o Estado e parte de nossas Cortes Superiores pregam o verdadeiro abolicionismo penal. Como se o bandido fosse a vítima de uma sociedade injusta e as pessoas de bem devessem se guardar e ter vergonha desta situação!

Este é o exemplo daquilo que queremos desagravar. Mostrar à sociedade a verdadeira face de uma legislação falha, omissa e ideológica, não só penal, mas de todos os ramos do Direito.

Esta é a nossa linha editorial!

Não deixe de comentar e se inscrever para receber nossas atualizações. O link está logo abaixo.

Comentários

Comentários

Comentários

Comentários